29.11.08

.
.
Aqui não há empecilhos




Aqui sinto-me bem, sinto-me em casa. Chá de menta na tenda com berberes no deserto de areia do sul de Marrocos. De início recusaram-se a falar outra língua comigo que não a árabe. Depois de muito e (sofrível) Francês, lá consegui convencê-los de que era Português. Ainda assim, asseguraram-me que as minhas raízes eram árabes, e certamente berberes. "As tuas feições não enganam", garantiram-me em coro! Talvez por isso me tenha sentido ali tão bem, em casa. E foi também certamente por ter partilhado um chá com gente simples, mas civilizada e educada.

.



E ali temos o tempo todo do mundo...

.

.

5 comentários:

Anónimo disse...

Caríssimo Fernando
Cheguei agora aqui (via blogue da 3za) e deliciei-me com as fotos. Venham mais "Crónicas de Além"!
Um abraço,
Eduardo

Teresa Lopes disse...

Vou ficar leitora deste espaço que só conheci agora.
Também eu fico à espera de mais fotos e das suas histórias.
Bem-vindo à "nossa" blogosfera, Fernando!

13A

Anabela Magalhães disse...

Bem-vindo à blogosfera, Fernando. E não é que entro por aqui adentro e dou logo de caras com um post que me remete para paragens de que sou cliente assídua desde 1990?
E também eu cheguei aqui via
3za! :)
Fiquei cliente deste espaço.
Parabéns.
Ah! E tens cara de berbere. :)

Anónimo disse...

Claro que eu também cheguei aqui via "Teia"...
Gosto da cumplicidade que se adivinha entre este casal, do orgulho(e com razão) e paixão que a Teresa deixa transparecer quando fala de si.
E aqui, neste espaço há também uma reflexão sobre a educação, em que a Teresa mergulha com a paixão e competência que todos lhe reconhecemos.
Estas fotos lindíssimas falam com o coração, de um viajante que pertence a todos os lugares. Estas crónicas são também crónicas de afectos.
Filomena Galego

Fernando Ornelas disse...

Obrigado a todas/os os comentadores pelas palavras simpáticas. O meu ego (alma?!) está mais cheio!